Escalada nas Olimpíadas: como será a competição e o que já mudou por causa dos Jogos

Escalada nas Olimpíadas: como será a competição e o que já mudou por causa dos Jogos

A Escalada Esportiva fará sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio de 2020.

A notícia não é nova para o mundo de escalada, que sabe disso desde 2016, quando o Comitê Olímpico Internacional (COI) declarou a lista dos cinco novos esportes a serem incluídos nesta edição (surfe, skate, karatê e baseball/softball também entraram).

A notícia foi recebida com entusiasmo – talvez até pequenas doses de euforia – por muitos atletas e fãs do esporte. Dois anos se passaram desde então, e agora faltam menos de dois anos para esse evento que deverá influenciar muito a popularidade e a atenção da mídia que a escalada tem hoje.

O que podemos esperar desses jogos olímpicos? Como as modalidades vão funcionar? O que já mudou para a escalada no Brasil? Ler mais

Quer evoluir na escalada? Trabalhe seus pontos fracos

Quer evoluir na escalada? Trabalhe seus pontos fracos

Por Thaís Makino
 

Para quem começou a escalar há pouco tempo é evidente que o corpo precisa de um tempo para se adaptar a tantos movimentos diferentes, e essa adaptação muitas vezes é erroneamente associada a ficar mais forte.
 
Tantos amigos e conhecidos já me falaram que precisavam ficar mais fortes antes de fazer uma via ou boulder que perdi a conta de quantas vezes expliquei que isso não era necessariamente verdade.
 
Na maioria das vezes a técnica, se trabalhada, consegue resolver a maior parte dos problemas de escaladores iniciantes e intermediários, mas é uma habilidade difícil de se desenvolver sozinho exatamente por ser subjetiva na análise e no ensino.
 
Estou falando de técnica porque este é o primeiro aspecto que normalmente as pessoas falham em diagnosticar como um ponto fraco, e saber de fato qual é sua fraqueza e não ter medo de trabalhar em cima dela melhora sua escalada quase que instantaneamente.
 
“Ai que texto bonito, mas como que faz?”

Ler mais

Avaliação de produto: Sapatilha Quantum da Five Ten

Avaliação de produto: Sapatilha Quantum da Five Ten

Por Thaís Makino

A sapatilha Quantum é um modelo confortável, preciso, com shape levemente agressivo, mas ainda assim muito versátil, podendo ser utilizado por escaladores com níveis e objetivos diversos. Comecei a usá-la para treinar indoor e logo percebi que esta era a sapatilha que eu deveria guardar para campeonatos e para a rocha, pois ficou claro que ela era o meu grande xodó de todos os tempos. Ler mais

Quer treinar força no braço para evoluir na escalada? Tente isso primeiro.

Quer treinar força no braço para evoluir na escalada? Tente isso primeiro.

Por Thaís Makino

Olá, escaladores!

Já faz algum tempo que venho ensaiando umas dicas que eventualmente as pessoas me pedem, e normalmente as perguntas são parecidas e tem o mesmo conteúdo, o que me deu a ideia de transformar isso num pequeno texto voltado aos escaladores intermediários que estão procurando evoluir e que talvez interesse a outras pessoas com dúvidas parecidas. Ler mais