Cuide bem da sua sua sapatilha de escalada

Cuide bem da sua sua sapatilha de escalada

sapatilha de escalada com velcro, na cor branca e verde da Mad Rock
Sapatilha de escalada Drone Mad Rock

Cuidados com as sapatilhas

A sapatilha de escalada, se bem conservada, pode acompanhar o escalador por anos e em muitas aventuras. Reunimos algumas dicas para que você possa estender a vida útil dela, o que também reduz o desperdício de materiais necessários para a confecção de uma nova sapatilha.

Limpeza

As sapatilhas, assim como muitos calçados, são compostas basicamente de borracha, couro e/ou materiais sintéticos, costura e cola. Por isso jamais deixe de molho, ou lave na máquina de lavar, isso pode deformar qualquer calçado. 

A sujeira da base das vias ou ginásios, como a terra e o magnésio, diminuem a aderência, por isso, sempre que voltar do climb, limpe a sola da sua sapata. Na borracha, passe uma escova seca para remover a sujeira, seguido de um pano úmido. Jamais use produtos químicos, para remover sujeiras mais difíceis utilize apenas sabão neutro. Na parte superior passe apenas uma escova seca para remover a sujeira.

O suor acelera o processo de decomposição do couro, costuras, velcro e até mesmo as fivelas de metal. Após o uso deixe sua sapatilha arejando, dê um “banho de vento”, para secar o suor e amenizar odores, mas sempre na sombra. Você pode deixar papel toalha, ou outros acessorios específicos como o boot banana, ou o DryPointe  dentro da sapatilha para secar o suor. 

Para combater odores na parte interna dê preferência para o desodorante aerosol para os pés. O talco em pó deixa resíduos no calçado e quando em contato com o suor pode virar uma pasta que se alojara por toda parte interna da sapatilha.

Cuidados durante o uso

#FicaaDica Não passe magnésio na sola.

“Erroneamente muitos escaladores passam magnésio na sola da sapatilha, a borracha não transpira, ou seja, o magnésio não ajuda e sim resseca ainda mais as propriedades da borracha.” André Berezoski

Cuidado com a sujeira excessiva que pode ficar na sapatilha antes de começar a escalar. Limpe com um pano (pode ser a sua calça) ou passe a escovinha para limpar as agarras para remover terra e magnésio da sapatilha antes de entrar na via. A sujeira excessiva poderá interferir na sua performance e pior, a sujeira da sua sapata acaba “polindo” as agarras e danificando a via.

sapatilha de escalada branca e amarela, da Tenaya Sapatilha de escalada Tarifa, da Tenaya

Em caso de chuva proteja a sapatilha e chegando em casa deixe-a secar completamente.

Caso a sapatilha esteja muito apertada, o ideal é usar uma meia bem fina ou um pedaço de plástico para facilitar na hora de calçar. Isso evita dano aos puxadores e à região da abertura da sapatilha, que podem arrebentar se o esforço for excessivo.

Não use sua sapatilha como se fosse chinelo, pisando no calcanhar, pois isso irá deformá-la com o tempo também podendo levar à ruptura da borracha. 

As sapatilhas são equipamentos individuais que se moldam ao pé do escalador, tornando-se mais confortáveis e mais ajustada à você a cada uso. Evite emprestar-las para que esse processo de ajuste não seja prejudicado.

Onde guardar 

Procure guardar sua sapatilha de escalada limpa e seca, em um lugar arejado, livre do sol e do calor. Nunca guarde sua sapatilha em armários fechados, pois isso, pode favorecer a proliferação de bactérias ou até mesmo deformar o calçado caso o espaço seja muito quente. Pelo mesmo motivo, jamais deixe sua sapatilha dentro do porta-malas do carro. 

O formato da sapatilha pode deformar caso ela seja espremida durante o transporte.  Evite colocar a sapatilha no fundo da mochila com outros equipamentos.O ideal é transportá-la fora da mochila, se preferir coloque dentro de um saco de algodão. 

A Trango possui uma mochila com mosquetões próprios para levar calçados fora da mochila. Isso otimiza o espaço interno e evita que sapatilhas ou tênis fiquem esmagados na parte interna.

Ressola 

A ressola possibilita aumentar a vida útil da sua sapatilha, reduzindo a necessidade de uma sapatilha nova e todos os recursos que são envolvidos para isso. 

Nunca espere até a sola ou bico furar ou gastar totalmente para mandar para a ressola. O couro danificado pode resultar na impossibilidade de ressola ou deformação do ajuste.

Procure serviços especializados de ressola, não leve no sapateiro da esquina, que nada entende da estrutura de uma sapatilha de escalada.

Confira os ressoladores autorizados SBI Outdoor. 

Lembre-se, sapatilhas devidamente cuidadas tem vida longa e te levam para aventuras com mais performance, segurança e diversão. 

sapatilha de escalada five ten, com velcro, amarela. a venda na loja sbi outdoor Sapatilha Quantum VCS Five Ten

 

 

Camila Locks

Publicitária, escaladora, apaixonada pelas montanhas e responsável pela nosso MKT digital.

Deixe uma resposta